Cor-ação

postado em: Pensamentos | 0

Eu teria medo é de não sentir amor. Não existem motivos para se temer tal sentimento. Ele não prende, não sufoca, não cria incertezas. Ele só traz paz, alegrias, e uma serenidade sem igual. Você descobre uma coisa chamada confiança em si mesmo. Você sabe que esse amor é a força que te mantem respirando, e que te faz continuar acreditando que tudo vai acontecer.

Eu não tenho arrependimento algum de nenhum momento em que parei de respirar por alguns segundos, ou de quando fecho os olhos e envio toda aquela energia positiva para outro coração. Desejar tudo que for bom e lindo a outro alguém é a atitude mais nobre que alguém pode ter. E eu desejo, e me doo, e me apaixono todos os dias por algum detalhe novo.

Aliás, doar é a parte mais linda de toda a história. Por que amor de um só é muito desperdício. Eu sinto fundo, forte, vermelho. É o que tenho de mais bonito, e que ninguém pode me arrancar. Eu teria medo é de ficar vazia, desconectada, sozinha. Eu diria que é a coisa mais linda que já inventaram no mundo.

O amor vem caminhando de mãos dadas com a fé, e não passa um dia sem que eu o alimente, e o faça crescer. Eu teria medo é de não sentir tudo isso, eu teria medo de ficar distante disso. Afinal, é de cor e ação que se monta um coração.

Deixe uma resposta