Resenha: Uma curva na estrada

postado em: Resenha de Livros | 0

resenha Uma Curva na Estrada

 

A pequena cidade de New Bern, na Carolina do Norte (EUA) parecia fictícia, de início, mas ela é real. Aquela história que lá se passa, veio-me como um presente de alguém especial e despertou certa curiosidade, como nos romances policiais de Ágatha Chistie. Mas era Nicholas Sparks, mais uma vez me fazendo devorar um livro em poucos dias.

Uma curva na Estrada (A Bend in the Road) conta uma conflitante história que envolve amor, vingança, perdão e recomeços. Com a morte de sua esposa, Miles Ryan, um subxerife em New Bern, viu sua vida revirada e sem sentido. Com um filho pequeno e apenas lembranças de uma história de amor que começou na adolescência, a sua única vontade era descobrir quem atropelara sua esposa e fazer justiça, mas nada havia sido ainda descoberto.

Sarah Andrews, professora de seu filho, Jonah, mudou-se de Baltimore para New Bern para tentar um recomeço após o divórcio, e se aproximou aos poucos de Miles. Ajudando Jonah a recuperar seus estudos atrasados pelo trauma familiar, Sarah se apaixonou pelo pai da criança e o sentimento foi recíproco. Miles percebeu, então, que existia a possibilidade de ser feliz novamente, mas nenhum dos dois fazia ideia do segredo que os unia, e isso os obrigou a tomar uma difícil decisão.

Sparks, como sempre, traz uma história leve para leitura e instigante pela forma como divide os capítulos de acordo com os acontecimentos e personagens. Os finais de suas histórias sempre surpreendem, mas nesta obra o autor trouxe um fator diferente, que foi o toque policial à narrativa, instigando o leitor a descobrir quem matou a esposa de Miles. Não há também como não ficar na torcida pelos casais de suas histórias. Aceito mais presentes como este!

Você já leu esse livro? Gostou de sentir o gostinho da história e quer ler? Então comente aqui embaixo nos comentários!

Deixe uma resposta